GRÁVIDA É ESTUPRADA EM HOSPITAL DE ITACOATIARA

  • 24/11/2021
  • 0 Comentário(s)

GRÁVIDA É ESTUPRADA EM HOSPITAL DE ITACOATIARA

Manaus (AM) – Uma jovem grávida de 24 anos denunciou à Polícia Civil do Amazonas que um técnico de enfermagem a estuprou dentro do Hospital Regional José Mendes, em Itacoatiara, região metropolitana de Manaus (AM). Segundo ela, o caso aconteceu no dia 25 de outubro por volta das 5 horas e foi registrado na Ouvidoria da unidade de saúde e na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, que abriu uma investigação.

Com fortes dores abdominais, a vítima disse que procurou atendimento no hospital onde foi medicada inicialmente por uma enfermeira. Ao aguardar o efeito dos remédios e o pai que levaria um cobertor, a jovem — que prefere não se identificar com medo de represálias — conta que o técnico aplicou uma substância em seu acesso venoso.

Ela chegou a questionar o investigado sobre qual era o medicamento aplicado. Em meio a uma sonolência repentina, a vítima afirma que foi então estuprada pelo técnico. Um exame de corpo de delito e conjunção carnal foi realizado no dia seguinte, 26 de outubro.

Conforma apurou a reportagem, o técnico era contratado pela Secretaria de Saúde (Semsa) de Itacoatiara e concursado como vigia pela Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (SES).

A jovem disse à Amazônia Real que logo comunicou a enfermeira que foi violentada, mas que o diretor da unidade hospitalar não acionou a polícia militar e teria pedido calma para que ela e a mãe não “denegrissem” a imagem do hospital regional. “Ele estava preocupado somente com o hospital, não estava preocupado comigo”, cobrou.

Quando procurado pela mãe da jovem e por funcionários do local, o técnico de enfermagem já teria ido embora da unidade. Após o ocorrido, o mesmo foi afastado pela Semsa e pela SES. “A SES-AM está providenciando o comunicado do fato ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren) e está acompanhando o inquérito policial instaurado para investigar o caso”, disse em nota.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Itacoatiara informou que irá acompanhar o caso com atenção e que o Ministério Público (MP-AM) será comunicado. Sobre a fala do diretor, a assessoria afirma que o mesmo se referia à preservação da imagem da jovem e não do hospital.

Fonte/Foto: Uol Notícias


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. CORAÇÃO CACHORRO

AVINE VINNY E MATHEUS FERNANDES

top2
2. ARRANHÃO

HENRIQUE E JULIANO

top3
3. TÁTICA INFALÍVEL

LUAN SANTANA

top4
4. ALVEJANTE

PRISCILA SENNA E ZÉ VAQUEIRO

top5
5. ERRADA ELA NÃO TÁ

JOTTAPÊ, KEVINHO E ARON

Anunciantes